A teoria da grade global e os avistamentos de OVNIS.

A teoria da grade global, ou grade do mundo, trata de um conceito sobre pontos magnéticos da Terra. Esses pontos formariam uma ligação entre locais sagrados, ou lugares de poder, em todo o mundo. Segundo a teoria, os pontos magnéticos conectam a Terra como uma grade matemática geométrica, e não estariam aleatoriamente localizados, seguindo um padrão geométrico de energia que atravessa o globo. Estudiosos do tema, explicam que o nosso planeta é coberto por uma rede muito sutil de energias invisíveis, que em certos lugares do planeta, se juntam e criam um poderoso polo de energia.

“A teoria da grade global é um conceito de que todos esses locais sagrados, em todo o mundo, são realmente conectados em algum tipo de grade matemática geométrica, que veio num momento em que realmente se entendia a harmonia entre a natureza, a geometria, a ciência e matemática.” Mihcael Bara.

Esses vórtices são áreas da Terra onde desaparecimentos misteriosos, falhas mecânicas e distorções de espaço-tempo ocorrem. Muitos exploradores desapareceram ao cruzar os vórtices em determinada época do ano, relacionadas com os alinhamentos lunares e planetários de ativação dessas áreas específicas.

“O nosso planeta é coberto com essa rede muito sutil de energias invisíveis que estão ao nosso redor. Mas em certos lugares no planeta, essas energias se juntam, e criam na área um poderoso vórtice. Essa energia é mais forte e mais útil, num certo sentido, do que em outra parte da Terra.” David Childress.

Grade

Alfred Watkins foi a primeira pessoa a perceber, a partir de suas caminhadas ao redor do Reino Unido que muitos locais sagrados, igrejas, monumentos, aldeias, etc. localizam-se sobre linhas retas. Ele intitulou seu livro “O Velho Caminho Reto”, do final dos anos de 1800, onde traz a nova consciência da grade.

As pirâmides foram todas colocadas em determinadas coordenadas geográficas e alinhadas com o norte verdadeiro e marcadores astronômicos. Estas linhas de energia ou também conhecidas como Linhas Ley, formam uma vasta rede mundial de canais naturais de energia que ligavam a todas as pirâmides ao redor do mundo. Algumas dessas pirâmides estão agora no fundo do oceano e por isso o “Grid” não é mais funcional. Tanto as pirâmides como as antigas cidades estavam alinhadas a essa malha de energia.

“Então, de fato, por construção de pirâmides, e de pedras verticais, obeliscos e coisas assim, podemos trabalhar com este campo de energia natural em toda a Terra e, de maneira similar à acupuntura em um corpo humano, podemos fazer isso com a Terra também. E, colocando algumas estruturas, ou uma agulha em um determinado lugar na Terra, podemos acentuar essas energias” David Childress.

alinahemnto2

Uma relação entre formas geométricas e locais determinados na Terra, nos remete na história, para a escola pitagórica do pensamento na Grécia antiga.

“Um dos famosos filósofos pitagóricos da Grécia Antiga, Platão, fala sobre a Terra como um dodecaedro geométrico. Isso é como uma bola costurada em várias formas geométricas. E a escola pitagórica basicamente diz que a geometria, e as diversas formas de geometria, é o que faz toda a matéria, incluindo a Terra” David Childress.

AVISTAMENTO DE OVNIS.

Há uma aparente concentração de OVNIS ao longo da grade do mundo. O pesquisador francês de UFOS, Aimee Michael, falecido em 1992, mapeou todos os declarados relatos extraterrestres, desde o incidente em Roswell em 1947.

“Quando ele os mapeou, descobriu que eles eram específicos, nomeadamente nas linhas. E ele começou a mapear essas linhas, e ele achou que essas linhas não foram apenas acaso, mas foram efetivamente ligados a graus de latitudes, e que há realmente algo científico por trás de onde os OVNIS foram avistados.” Philip Coppens

Acredita-se que a concentração dos níveis de energia e locais de avistamentos de UFOS não é uma coincidência. Afirma-se que seres de outro mundo visitaram nossos antepassados e contaram a eles sobre a força especial desses locais. Então eles dizem que esse povo antigo lhes mostrou como construir essas estruturas incríveis, ampliando os poderes naturais. É uma teoria conhecida como geomancia.

“Na Europa, linhas, as vezes com cem mil quilômetros de comprimento, existem desde a antiguidade. Na Europa, eles são chamados de linhas Ley. Todos os locais mais antigos são ligados entre si.” Erich von Däniken

“Cada ponto nessa linha, è um ponto arqueológico. E cada ponto tem o mesmo núcleo da palavra. A palavra é sempre “estrela”. É absolutamente fascinante, e não é coincidência. Nossos povos da antiguidade, não por coincidência, colocaram os seus lugares sagrados em linha. Alguém os ordenou, e alguém lhes disse: usem a palavra estrela, em sua vila. Para a eternidade não mudar.” Erich von Däniken

Esses locais poderiam propiciar abertura de  portais ou entradas para buracos de minhoca? Será que seres extraterrestres chegam a Terra, usando campos eletromagnéticos desses lugares de poder? E foram estes segredos conhecidos por civilizações antigas agora perdidos para a história?

A INFLUÊNCIA DOS PONTOS DE PODER SOBRE NÓS.

A consciência humana interage com a rede. É uma função básica de todas as formas de vida a ser sintonizado na grade da energia da Terra que lhes dá a vantagem de utilizar a força vital necessária para a vida. Os povos do Extremo Oriente denominam esta forma chi, a energia que permeia tudo que é desenhada para pontos e precisa ser circular, a fim de facilitar um corpo saudável. O corpo saudável se estende até a Terra, pois todas as coisas são fractal com base e, portanto, ocorre nos mesmos padrões, mas em diferentes níveis. Assim, a Terra é como um corpo humano, assim como o Universo é como um corpo humano. Todas as coisas são uma só.

“Estes locais de poder, chakras da Terra, tem a capacidade de modificar nossa estrutura atômica molecular por uma estrutura fotônica.” Luiz Fernando Mostajo.

“É bem conhecido que aborígines australianos seguem essas trilhas de sonho, eles vão em sua caminhada através do deserto. Eles podem ver essas linhas no chão, dizem eles. Os chineses também acreditam que eles podem ver e controlar essas “linhas do dragão”. E de fato, a popular prática chinesa de feng shui, usa essas linhas de energia que estão indo e vindo por toda a terra.” David Childress.

TRIANGULO ENERGÉTICO DE SANTA CATARINA.

Contatos mediúnicos ocorridos com seres que se apresentavam sendo do planeta Marduk, a partir do ano de 2008, nos levaram a solicitar uma comprovação física de integridade deste seres. Solícitos, nos conduziram a um avistamento com local, data e hora previamente marcados, assim como as características das luzes das três naves que se apresentariam em posicionamento triangular. Após a experiência visual, passei a me questionar porquê a escolha daquele lugar, já que havia uma distância de duas horas da nossa cidade.

Apesar de morar em Blumenau/SC, me formei no curso de Parapsicologia na cidade de Joinville, onde tive informação de algumas montanhas na região rodeadas de mistérios, misticismo e eventos ufológicos.

Até então, não conhecia o local marcado para o avistamento, o Rio do Júlio, na Serra Dona Francisca, e supus que poderia estar relacionado com estas referidas montanhas. Na época, o assunto “linhas leys” já me despertava curiosidade, e me propus a investigar se havia algum alinhamento com o local determinado e as montanhas da região e suas lendas.

Com um breve estudo da região, averiguei que o Rio do Júlio, em linha reta, fica exatos 7 km de distância do Castelo do Bugres, e este a 21 km do Monte Crista.

Tri_alinhamento

Faltava o Canta Galo, a terceira montanha, que também reunia seus mistérios. Para nossa surpresa, o Canta Galo, no município vizinho, São Francisco do Sul, formava um triangulo perfeito, com 21 km de distância do Monte Crista, do município de Garuva, e o Castelo dos Bugres, em Joinville.

Crista_Bugres_Galo

Cada uma das 3 montanhas carrega seus mistérios, mas é o Monte Crista quem atrai mais esotéricos, místicos, ufólogos e estudiosos do Caminho de Peabiru. Recentemente um grupo de pesquisadores alemães, munidos de equipamentos avançados, estiveram na montanha para aferimento das energias.

Triangulo_energetico

O Caminho de Peabiru, que corta a montanha, constituía-se em uma via que ligava os Andes, mais precisamente Cusco no Peru, ao Oceano Atlântico. Ainda hoje encontra-se boa parte deste caminho calçado por pedras da base do Monte Crista ao topo da montanha, onde está o “Guardião”, uma formação de pedras representando um vigia. Os monólitos do topo do Monte Crista demarcam os equinócios e solstícios. Quem os construiu?

Peabiru

Por algumas vezes visitamos as três montanhas, onde vivenciamos experiências diversas e inusitadas em cada expedição.

MONTE CRISTA ALINHANDO-SE COM TIWANAKU E URITORCO.

Mas a descoberta do triangulo catarinense, assim como a pesquisa minuciosa de cada montanha não era o suficiente. Na nossa concepção, alguma destas montanhas precisava estar conectada a outro alinhamento ainda maior.

Uma série de acontecimentos começaram a voltar nossa atenção ao Cerro Uritorco, na província de Córdoba, na Argentina, mais precisamente na cidade de Capilla del Monte.

uritorco1

O Monte ou Cerro Uritorco tem o maior número de avistamentos ufológicos registrados na Argentina. Caso se interesse conhecer mais sobre o Cerro Uritorco, recomendo este documentário:

Os sinais me sugeriram experimentar um alinhamento do Monte Crista com o Uritorco, e bastou acrescentar ao alinhamento o sítio arqueológico de Tiwanaku, na Bolívia, que o resultado foi um triangulo com ângulos bastante semelhantes ao triângulo de Santa Catarina.

Triangulo_MC_Tiwuanaku_Uritorco

Esta nova descoberta nos levou a aprofundar nossas pesquisas sobre o Cerro Uritorco, em Capilla del Monte, que é cercada de muitas histórias e diversos avistamentos devidamente registrados, mas foi a capa de um das dezenas de livros do professor de antropologia Dr. Guillermo Alfredo Terrera que despertou nossa atenção.

Livro_GuillermoAlfredoTerrera

Não conseguimos adquirir o livro, pois há muito está esgotado, mas fizemos contato com Diego Arandojo, que hoje dá continuidade em parte das pesquisas do Prof Terrera, e nos enviou cópia de páginas do livro, onde o Prof. Terrera menciona um triângulo argentino. Assim como temos uma triangulação aqui no sul do país, em Santa Catarina, a província de Córdoba, na outra ponta do grande triangulo, tem o seu próprio.

Triangulos_Cordoba

Textos bíblicos trazem inúmeras passagens que fazem referência importante a montanhas, sendo elas o elo ou “rádio de comunicação” entre homem e Deus. Inúmeras montanhas sagradas já foram e continuam sendo palco da aparição de óvnis. Por que avistamentos em regiões de montanhas e vulcões continuam a crescer?

O que tem nos chamado a atenção é a coincidência de todos estes locais citados estarem relacionados com estórias, ou mitos, com o mundo intraterreno, a Terra Oca.

Mirabel Krause (Bell Marduk), parapsicóloga.