Suástica tem sua origem na triskles celta.

“Aquilo que vocês conhecem por suástica, encontra-se a origem, na triskle céltica. A triskle céltica tem três extremidades como um triângulo de cabeça para baixo. Como um triângulo de cabeça para cima ela não se forma. Somente o triângulo com sua cabeça para baixo, o triângulo com sua cabeça para a direita, o triângulo com sua cabeça para a esquerda, nunca para o ápice. É importante que tenhas contigo também este símbolo, pois é o símbolo de energia. Como aquele que utilizou a cruz dobrada , a suástica, a cruz de lúcifer, yin/yang ocidental para fazer o mal. Ela também pode ser usada para o bem.” – Do livro “Revelações dos Deuses Extraterrestres” – pág. 71.

“Lembre-se que tanto a suástica, quanto a triskles são a mesma coisa, mesmo significado que sofreram transformações ao longo dos tempos. A suástica tem quatro vertentes numa encruzilhada e a sua posição original é em pé e não inclinada. Os seus governantes utilizaram nesta posição inclinada girando-a no sentido horário, pois conhecem o simbolismo. E a verdade é que Adolf Hitler tinha ao seu lado ummédium muito poderoso chamado Joseph Zeitan conhecido pelo lado espiritual como Karmac. Adolf Hitler, para seu conhecimento, foi um escolhido para uma missão, mas falhou.” Do livro “Revelações dos Deuses Extraterrestres” – pág. 72.

Triskles_suastica

A suástica ou cruz gamada é um símbolo místico encontrado em muitas culturas em tempos diferentes, dos índios Hopi aos Astecas, dos Celtas aos Budistas, dos Gregos aos Hindus. Alguns autores acreditam que a suástica tem um valor especial por ser encontrada em muitas culturas sem contatos umas com as outras. Os símbolos a que chamamos suástica possuem detalhes gráficos bastante distintos. Vários desenhos de suásticas usam figuras com três linhas. A nazista tem os braços, apontando para o sentido horário, ou seja, indo para a direita e roda a figura de modo a um dos braços estar no topo. Outras chamadas suásticas não têm braços e consistem de cruzes com linhas curvas. Os símbolos Islâmicos e Malteses parecem mais hélices do que propriamente suásticas. A chamada suástica celta dificilmente se assemelha a uma. As suásticas Budistas e Hopi parecem reflexos no espelho do símbolo Nazista. Na China há um símbolo de orientação quádrupla, que segue os pontos cardeais; desde o ano 700 ela assume ali o significado de número dez mil. No Japão, a suástica é usada para representar templos e santuários em mapas, bem como em outros países do extremo oriente. Fonte: Wikipédia.